As crônicas das irmãs bruxas - Jessica Spotswood

30 março 2017


Sinopse: "No leito de morte de sua mãe, Cate Cahill fez uma importante promessa: proteger a todo custo suas irmãs mais novas, Maura e Tess. Essa tarefa é mais difícil do que parece, afinal, as irmãs guardam um importante segredo: elas são bruxas.
Em uma sociedade governada pela Fraternidade, instituição que pune qualquer suspeita de bruxaria com a prisão, a internação num hospício ou a morte, ser bruxa significa estar constantemente em perigo.
Aos 17 anos, faltando apenas algumas semanas para que Cate decida entre se casar ou abraçar a Irmandade - braço feminino da Fraternidade -, talvez ela não consiga manter sua promessa, principalmente depois de encontrar o diário da mãe, que revela um segredo capaz de levar a família à destruição.
Desesperada para descobrir alternativas, Cate começa a vasculhar livros proibidos e a encontrar ajuda em novos amigos rebeldes, tudo isso enquanto precisa lidar com eventos sociais, propostas de casamento e um romance proibido com o inadequado jardineiro da família.
Se o que sua mãe escreveu for verdade, as garotas Cahill não estão a salvo - nem da Fraternidade, nem da Irmandade, nem delas mesmas".


Cate Cahill é a irmã mais velha e sente-se responsável por Maura e Tess suas irmãs, devido a promessa feita a sua mãe no leito de morte. Contudo cuidar de suas irmãs está cada vez mais difícil, pois juntas as três escondem um segredo: são bruxas.
A bruxaria está proibida desde que a Fraternidade tornou-se a responsável pela Nova Inglaterra após a queda das filhas de Perséfone. A irmandade praticamente extinguiu as bruxas da sociedade, fazendo com que as sobreviventes vivam se escondendo e com medo.


"Talvez usassem nós três como exemplo: fariam com que fossemos queimadas na fogueira ou mandariam nos enforcar na praça principal da cidade, como faziam no tempo da Bisavó".


As irmãs mais novas não possuem muito controle sobre a magia e por vezes são descuidadas, o que deixa Cate preocupada, sobretudo depois da descoberta de uma profecia envolvendo três irmãs bruxas que mudarão a sociedade, uma delas será um oráculo e a bruxa mais poderosa, se colocada no lado certo da sociedade trará paz, mas em mãos erradas trará um novo terror.
Aos dezessete anos todas as jovens devem casar e Cate está prestes a completar a idade, o que transforma-se em mais uma preocupação para a garota, visto que não poderá estar tão presente na vida de suas irmãs após o casamento.
Em Enfeitiçadas primeiro livro da trilogia conheceremos as personalidades das irmãs. Cate é extremamente altruísta e por isso abandona diversas vezes sua felicidade por amor a família, além disso é muito indecisa e insegura, o oposto de Maura a irmã do meio, ela é egoísta e invejosa, sempre está em competição com a irmã mais velha, já Tess embora seja a irmã mais nova muitas vezes passa a impressão de ser a mais madura, ela é muito inteligente e obediente. No segundo livro: Amaldiçoadas, a profecia se desenrola revelando alguns fatos desconhecidos, a protagonista amadurece, mas as brigas entre as irmãs aumentam drasticamente. Em Predestinadas finalmente temos o desfecho e a revolta profetizada, o que é de certa forma inesperado.
Citações:

"Vocês serão caçadas por aqueles que as usariam para seus propósitos pessoais. Precisam ter muito, muito cuidado. Não podem confiar seus segredos a ninguém".


"Eu não detesto. Eu me preocupo que seja prejudicial para nós".


“Precisamos ser corajosas, mesmo que às vezes seja assustador. […] Principalmente quando estamos com medo".


"Alguns dos nossos soldados estão do outro lado da rua, começando a erguer a forca. Amanhã, ao meio dia, os enforcamento vão começar.”


As crônicas das Irmãs bruxas é narrado em primeira pessoa por Cate, a forma com que Jéssica SpotsWood escreve faz com que os leitores se apaixonem pela história, todos os sentimentos da personagem são inseridos de forma que a leitura torna-se inebriante, as inseguranças da personagem nos entristece e suas dúvidas nos deixam apreensivos, outra característica da autora é os desfechos que sempre deixam gostinho de quero mais no leitor.
Não poderia faltar um romance na trilogia e esses são bem turbulentos, o casal principal da trilogia é Cate e Finn, porém Maura também tem uma dose de amor em sua vida. O relacionamento de Cate inicia-se de forma leve, despretensiosa e inocente, contudo dramas são colocados ao longo dos livros tornando por vezes o relacionamento quase impossível.
Os livros são emocionantes e possuem o poder de prender o leitor, indico principalmente para os apaixonados em livros de bruxas e fantasia, mas leitores interessados em assuntos sobre feminismo não irão se decepcionar.


“Vejo diariamente o desprezo que os homens que me cercam têm pelas bruxas, vejo como tem pouco respeito pelas mulheres. Falam sobre o que fariam com as bruxas caso as pegasse, caso não houvesse lei para impedi-los. …Se eu não fizer algo para lutar do lado certo,que tipo de homem serei?”


O livro que mais simpatizei foi o segundo, vibrei durante toda a leitura, tive momentos de raiva, momentos de indignação (Maura é terrível), tive muitos suspiros e  por fim fiquei chocada praticamente do inicio ao desfecho de Predestinadas.
Com certeza virou uma das minhas trilogias preferidas.

Livros:

1-  Enfeitiçadas - Skoob: Adicione
2- Amaldiçoadas - Skoob: Adicione
3- Predestinadas - Skoob: Adicione


E aí gostaram? 

Beijos




Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG PORRE DE LEITURA E LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por MK DESIGNER E LAYOUTS