Resenha - O duque e eu - Julia Quinn

15 março 2017

Olá!!! Tudo bom?


O post do dia do Porre de Leitura e Livro será sobre o terceiro destaque positivo dentre as leituras realizadas do desafio 2017 até o início do mês, O duque e eu da autora Julia Quinn.




Primeiro preciso destacar o quanto AMEI esse livro e essa autora. Julia Quinn sempre foi uma autora que despertava meu interesse, mas até o momento não havia lido nada pois tive receio de ser muito romântico e acabar enjoando da história, contudo como puderam perceber O duque e eu está entre os livros com destaques positivos, isso se dá devido a escrita da autora que é genuína.
O duque e eu é o primeiro volume de oito livros sobre os irmãos da família Bridgerton, cada exemplar expõe a história de um deles, as narrativas são individuais com começo, meio e fim, sendo assim podem ser lidos fora de ordem, porém se você for do tipo de leitor que gosta de ineditismo recomendo a leitura na sequência correta pois spoillers aparecem com frequência nos próximos livros da série (a família Bridgerton é bem intrometida e barulhenta).




Nesse primeiro livro a protagonista é Daphn a irmã mais velha, no entanto como a família sempre está junto somos apresentados a um pouco de cada personagem e posso garantir que já nos apaixonamos por cada um deles.
As cenas se passam em Londres, uma época que as mulheres solteiras da alta sociedade frequentam bailes e eventos de gala para desposar e os homens solteiros correm das mães casamenteiras.
Daphne é uma dama com mil qualidades, inteligente e muito amiga, por ter quatro irmãos é ótima ouvinte e "entendedora" dos sentimentos masculinos, porém ela não é a mais bela para os padrões da época por isso e por não fazer o tipo donzela indefesa que os rapazes procuram, já passou por várias temporadas infrutíferas, seu maior sonho é casar- se e ter uma família tão grande quanto a dela, mas como os homens à enxergam apenas como uma amiga já está quase desistindo.
Em um dos bailes Daphne conhece Simon amigo de Anthony seu irmão mais velho, o homem é bonito, rico, solteiro e carrega o título de duque de Hastings, em outras palavras o partido perfeito e o sonho das mães da alta sociedade, o único problema é que Simon carrega uma dose de problemas e magoas familiares e em razão disso não quer casar-se e ter filhos.
O duque fica encantado com a forma de Daphne conduzir as conversas pois nunca havia conhecido uma mulher que conseguisse conversar de maneira tão fácil e inteligente, por esse motivo se vê propondo um acordo benéfico à ambas as partes: Um falso namoro, de modo que Simon ficaria longe de cortejos e Daphne se tornaria mais desejada aos olhos dos homens da sociedade. O que não poderiam prever era o resultado da aproximação.
Julia Quinn apresenta-nos um típico romance previsível com uma escrita incrível, os diálogos da família Bridgerton são sempre irônicos e sinceros o que atribui um ar cômico a narrativa e garante boas risadas durante a leitura, ela envolve os leitores com suas palavras tornando impossível não torcer pelo casal.
O gênero do livro não é o meu favorito, todavia todos os meus conceitos sobre romances de época foram vistos com outros olhos; torci, suspire e ri com os personagens do começo ao fim da leitura.
Em linhas gerais o livro é encantador, seus cenários são apaixonantes, contendo grandes bailes, casa londrinas imensas, vestidos, penteados e muito mais. Os personagens da família possuem traços bem fortes de personalidade, os protagonistas são problemáticos e românticos. Não posso deixar de citar a enigmática repórter Lady Whistledown, responsável por esparramar vários escândalos na sociedade londrina.



Gostaram meus amores? Esse foi mais um dos destaques do desafio 2017, vai ter mais um em breve.


Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG PORRE DE LEITURA E LIVROS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por MK DESIGNER E LAYOUTS